• Bibi Alves

Caso considerado Fake news agora é tratado como suspeito com crise respiratória aguda em Afogados





Afogados da Ingazeira agora conta com mais um caso em investigação. A paciente tem 23 anos, reside em Afogados, gestante de 36 semanas.

Ela deu entrada no Hospital Regional Emília Câmara e após piora do quadro respiratório foi transferida pra o Hospital Barão de Lucena, no Recife. Seu quadro clínico apresentou saturação de Oxigênio abaixo de 95% e dispnéia.

Foi notificada como Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e coletada amostra para a testagem de covid-19. O parto foi realizado com sucesso. Segundo informações do Hospital, o quadro clínico é estável, tanto da paciente quanto do bebê. Ambos encontram-se internados na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Barão de Lucena.

Mais cedo, o caso geou grande repercussão. Mensagens a colocaram como caso confirmado, o que a Secretaria de saúde negou. Uma irmã disse que a família tem histórico de asma, mas ela ainda não havia manifestado até então sintomatologia para a doença. Ela pediu que não espalhem  Fake News sobre o caso.










© 2019 Iguaracy Para o Povo